Escreva aqui oque você gostaria de ver aqui.

AURICULOTERAPIA / TERAPIA AURICULAR

Auriculoterapia é um método terapêutico de diagnóstico e tratamento através de estímulos em pontos reflexos no pavilhão auricular (orelha), correspondentes a todos os órgãos, tecidos e funções do corpo humano.

É utilizada no tratamento de:

  • Tabagismo
  • Obesidade
  • Enxaqueca
  • Dores em geral
  • Depressão
  • Coluna
  • Síndrome do pânico
  • Gastrite
  • Ansiedade
  • Bronquite
  • Alergias
  • Insônia
  • Hipertensão arterial
  • Dentre outras...

Auriculoterapia para Emagrecimento

Técnica da acupuntura que diminui e faz com que a pessoa não coma por impulso, melhora o quadro de depressão, diminui a fome, aumenta o metabolismo, diminui inchaço e a retenção de líquidos, levando a diminuição de peso, melhora na qualidade de vida e auto-estima.

SE VOCÊ É DO RIO DE JANEIRO FALE COMIGO, TENHO PACOTES BEM ATRATIVOS.


quarta-feira, 3 de março de 2010

A MASSAGEM COMO TERAPIA, EMBORA NÃO RECONHECIDA.



A massagem como terapia, embora não reconhecida, é procurada por pessoas de todos os segmentos da sociedade, inclusive pelos que a combatem, que na verdade assim agem por interesses outros, como o de evitar o esvaziamento de sertas áreas de trabalhos. Porque é sabido que quem busca soluções para seus problemas traumáticos na massagem, sob a responsabilidade de um verdadeiro profissional, com toda certeza não retornará a procurar os tratamentos anteriormente feitos. Isto desagrada alguns integrantes de determinadas profissões, razão pela qual combatem os valores da massoterapia.


Esta situação caótica evidencia uma realidade: a massagem existe como terapia e PROFISSÃO de fato mais não de direito, situação esta que a classe, há mais de dez anos, em vão procura normalizar buscando conquistar os seus direitos. No entanto, a luta continua até que se possa dar a esta terapia o espaço que lhe cabe, não como privilégio, mais por seus reais valores TERAPÊUTICOS, para que o povo tenha na massagem uma opção de uma eficiente terapia, capaz de preencher os espaços deixados na área dos traumatismos pela medicina alopata.


É preciso, porem, riscar totalmente dos nossos conceitos o não profissional, o incapaz, o leigo e todos aqueles ou aquelas que, despudoramente, se utilizam do termo massagem para fins outros como, por exemplo, sexo, fugindo totalmente das imensas e nobres finalidades da massoterapia.

Um comentário:

maximumforma.com disse...

Jorge passei para conhecer seu blog ele é espetacular show, not°10 desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo noseu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
Um grande abraço e tudo de bom
ass:Rodrigo Rocha

CUDADO!

29/01/2012

HPV: para evitar, uso do preservativo é fundamental. Confira as formas de tratamento e a importância da vacina

18 janeiro, 2012

Nos posts anteriores do Seja Divina focamos nos números da infecção pelo HPV (papiloma vírus humano), uma das DSTs mais comuns no mundo e na necessidade de realização de exames preventivos periódicos pelas mulheres, afim de saber se estão infectadas e por quais subtipos do vírus. Isso porque entre os mais de 200 subtipos do HPV, somente alguns são responsáveis pelo câncer de colo de útero. E nem todas as lesões provocam verrugas…

Agora, vamos saber uma pouco mais como se dá a transmissão, os principais tratamentos e a importância da vacina. Em primeiro lugar, você deve ficar atenta para o uso do preservativo nas relações sexuais. Só ele pode protegê-la contra as DSTs, incluindo o HPV. Feminina ou masculina, camisinha sempre!

A transmissão do HPV ocorre por contato direto com a pele infectada. Os HPV genitais são transmitidos por meio das relações sexuais, podendo causar lesões na vagina, colo do útero, pênis e ânus. Também existem estudos que demonstram a presença rara dos vírus na pele, na laringe (cordas vocais) e no esôfago. Já as infecções subclínicas são encontradas no colo do útero. O desenvolvimento de qualquer tipo de lesão clínica ou subclínica em outras regiões do corpo é bastante raro.

O uso de preservativo (camisinha) diminui a possibilidade de transmissão na relação sexual (apesar de não evitá-la totalmente). Por isso, sua utilização é recomendada em qualquer tipo de relação sexual, mesmo naquela entre casais estáveis.

Diversos tipos de tratamento podem ser oferecidos (tópico, com laser ou cirúrgico). Só o médico, após a avaliação de cada caso, pode recomendar a conduta mais adequada. Por isso, mantenha consultas periódicas ao seu ginecologista!

Vacina ainda não é gratuita no Brasil - A Organização Mundial da Saúde recomenda que a vacinação rotineira contra HPV seja incluída nos programas nacionais de imunização contanto que a prevenção do câncer colo do útero e de outras doenças relacionadas ao HPV representem uma prioridade em saúde pública; seja factível a introdução da vacinação através do programa nacional de imunização; a sustentabilidade do financiamento possa ser assegurada e a custo-efetividade das estratégias de vacinação no país ou região seja considerada. No Brasil, a vacina contra o HPV ainda não é disponibilizada gratuitamente no SUS, mas pode ser comprada em clínicas especializadas. Mas já há discussões no Ministério da Saúde para inclusão. Saiba mais aqui.