Escreva aqui oque você gostaria de ver aqui.

AURICULOTERAPIA / TERAPIA AURICULAR

Auriculoterapia é um método terapêutico de diagnóstico e tratamento através de estímulos em pontos reflexos no pavilhão auricular (orelha), correspondentes a todos os órgãos, tecidos e funções do corpo humano.

É utilizada no tratamento de:

  • Tabagismo
  • Obesidade
  • Enxaqueca
  • Dores em geral
  • Depressão
  • Coluna
  • Síndrome do pânico
  • Gastrite
  • Ansiedade
  • Bronquite
  • Alergias
  • Insônia
  • Hipertensão arterial
  • Dentre outras...

Auriculoterapia para Emagrecimento

Técnica da acupuntura que diminui e faz com que a pessoa não coma por impulso, melhora o quadro de depressão, diminui a fome, aumenta o metabolismo, diminui inchaço e a retenção de líquidos, levando a diminuição de peso, melhora na qualidade de vida e auto-estima.

SE VOCÊ É DO RIO DE JANEIRO FALE COMIGO, TENHO PACOTES BEM ATRATIVOS.


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Pequena História da Massoterapia


Por milhares de anos, a Massagem foi um segredo do povo chinês. Só aproximadamente pelo ano 200 a.C. passou a ser motivo de curiosidade dos povos Hindu, gregos, Romanos, Coreanos e Japoneses, difundindo assim pelo o mundo.

A primitiva massagem chinesa, chamados pelos orientais de AMMA,foi sendo modificada e aprimorada em determinados pontos, em seus conceitos e técnicas, permanecendo entretanto seu princípio filosófico do pleno e harmoniosa equilíbrio.

Da própria história de vida de Jesus Cristo podemos destacar a passagem de profunda significação para nós, com a cura de variadas doenças. Na maioria dos casos com a utilização das mãos. Sim! Na verdade as mãos curam; por elas recebemos e transmitimos energia, confiança, paz e amor.

O surgimento da medicina química biológica e cirúrgica veio preencher quase todos os espaços, para muito dos quais a medicina natural não possuía uma resposta, por lhe faltar o recurso de um sistema análise científico do potencial dos meios naturais de prevenir e curar.

Criticar, reivindicar, tomar posições firmes e decididas, buscando alcançar os seus ideais, é um direito também da classe médica. Não há absurdo algum nesta atitude. O absurdo esta em continuar alheio e de costas a todos os reais valores terapêuticos da medicina de recursos naturais, ignorando, por receio de um confronto de valores, a grande capacidade recuperadora da MASSAGEM, de suas extensas finalidades e efeitos, preferindo uma vez esgotados os seus recursos, orientar o paciente ao conformismo em relação aos seus problemas, traumáticos, circulatórios ou nervosos, em vez de pelo menos tentar o recurso da MASSAGEM.





A CURA PELA MASSAGEM

Ferdinando Brisotto

Nenhum comentário:

CUDADO!

29/01/2012

HPV: para evitar, uso do preservativo é fundamental. Confira as formas de tratamento e a importância da vacina

18 janeiro, 2012

Nos posts anteriores do Seja Divina focamos nos números da infecção pelo HPV (papiloma vírus humano), uma das DSTs mais comuns no mundo e na necessidade de realização de exames preventivos periódicos pelas mulheres, afim de saber se estão infectadas e por quais subtipos do vírus. Isso porque entre os mais de 200 subtipos do HPV, somente alguns são responsáveis pelo câncer de colo de útero. E nem todas as lesões provocam verrugas…

Agora, vamos saber uma pouco mais como se dá a transmissão, os principais tratamentos e a importância da vacina. Em primeiro lugar, você deve ficar atenta para o uso do preservativo nas relações sexuais. Só ele pode protegê-la contra as DSTs, incluindo o HPV. Feminina ou masculina, camisinha sempre!

A transmissão do HPV ocorre por contato direto com a pele infectada. Os HPV genitais são transmitidos por meio das relações sexuais, podendo causar lesões na vagina, colo do útero, pênis e ânus. Também existem estudos que demonstram a presença rara dos vírus na pele, na laringe (cordas vocais) e no esôfago. Já as infecções subclínicas são encontradas no colo do útero. O desenvolvimento de qualquer tipo de lesão clínica ou subclínica em outras regiões do corpo é bastante raro.

O uso de preservativo (camisinha) diminui a possibilidade de transmissão na relação sexual (apesar de não evitá-la totalmente). Por isso, sua utilização é recomendada em qualquer tipo de relação sexual, mesmo naquela entre casais estáveis.

Diversos tipos de tratamento podem ser oferecidos (tópico, com laser ou cirúrgico). Só o médico, após a avaliação de cada caso, pode recomendar a conduta mais adequada. Por isso, mantenha consultas periódicas ao seu ginecologista!

Vacina ainda não é gratuita no Brasil - A Organização Mundial da Saúde recomenda que a vacinação rotineira contra HPV seja incluída nos programas nacionais de imunização contanto que a prevenção do câncer colo do útero e de outras doenças relacionadas ao HPV representem uma prioridade em saúde pública; seja factível a introdução da vacinação através do programa nacional de imunização; a sustentabilidade do financiamento possa ser assegurada e a custo-efetividade das estratégias de vacinação no país ou região seja considerada. No Brasil, a vacina contra o HPV ainda não é disponibilizada gratuitamente no SUS, mas pode ser comprada em clínicas especializadas. Mas já há discussões no Ministério da Saúde para inclusão. Saiba mais aqui.